ir2015 (2)

 

A Receita Federal divulgou que, das declarações de imposto de renda que foram entregues em 2014, 937 mil caíram na malha fina. A razão é, especialmente, os custos declarados com médicos e dentistas — foco da fiscalização, já que as despesas com saúde são 100% dedutíveis da base de cálculo.

Alerta para 2015: a partir deste ano, os profissionais liberais (ex. médicos e dentistas) deverão informar à Receita Federal mês a mês o CPF de cada cliente e o valor recebido. Ou seja, não dá mais para pegar os recibos um mês antes de enviar a sua declaração de imposto de renda.

Lembre-se: existem formas de se pagar menos imposto de renda, mas para isso, nada melhor do que estar amparado por uma decisão na Justiça. Não deixe de rever o link sobre a dedução integral de despesas com educação, publicado em setembro. VER POST

Para a declaração sobre 2014, o limite de dedução com despesas de educação é de R$ 3.375,83 por dependente. Some todas as mensalidades que você pagou durante o ano de 2014 e reflita: é justo você deduzir tão somente R$ 3.375,83?

Se você está indignado, a boa notícia é: os Juízes também estão e as ações que discutem essa matéria estão caminhando muito bem, obrigada.

Amanse o Leão, a hora é agora.

 

assinatura posts

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *